PAÍS

PAÍS -

GNR reforça fiscalização ao cumprimento das medidas covid-19

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A GNR anunciou o reforço do patrulhamento e fiscalização nas ruas, a partir deste fim-de-semana, para garantir que são cumpridas todas regras referentes às situações de calamidade, contingência e alerta em que Portugal se encontra, avançou a força de segurança num comunicado enviado às redacções.

A mesma nota indica que locais “propícios ao ajuntamento de pessoas”, nomeadamente praias e outros espaços destinados a actividades de lazer, vão concentrar grande parte dos esforços de vigilância da GNR, que recorda que está interdito o consumo de álcool na via pública, sob pena de multa, em caso de incumprimento.

PUBLICIDADE

“O consumo de bebidas alcoólicas em espaços ao ar livre de acesso ao público e vias públicas é proibido e constitui contra-ordenação, excepto nos espaços exteriores dos estabelecimentos de restauração e bebidas devidamente licenciados para o efeito”, pode ler-se na nota emitida pela GNR.

O comunicado acrescenta ainda que “a violação destas regras está sujeita a uma coima que varia entre os 100 e os 500 euros, no caso de pessoas singulares, e entre os 1.000 e os 5.000 euros, no caso de pessoas colectivas”.

Nos últimos dias foram identificadas 14 situações de infracção das regras estabelecidas, punidas como contra-ordenações. Entre elas a GNR destaca: quatro por incumprimento das regras de ocupação e distanciamento físico nos locais abertos ao público; três por falta do uso da máscara ou viseira nos estabelecimentos comerciais; três pelo não cumprimento das regras de consumo de bebidas alcoólicas; duas pelo incumprimento dos limites de lotação máxima da capacidade nos transportes; uma por falta do uso da máscara ou viseira nos transportes e uma última pela não suspensão do acesso ao público de espaços de dança.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.