PAÍS

PAÍS -

GNR registou mais de 2000 contra-ordenações no âmbito da operação “ECR Veículos Pesados”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Os militares dos Comandos Territoriais e da Unidade Nacional de Trânsito fiscalizaram, entre os dias 11 e 17 de Outubro, 2563 condutores de veículos pesados, no âmbito da operação “ECR Veículos Pesados”.

A Guarda Nacional Republicana (GNR) intensificou o controlo a este tipo de veículos e orientou as suas acções para as vias mais críticas à sua responsabilidade, nas zonas em que se verifica maior tráfego. Desta forma, a GNR procurou promover a segurança rodoviária e diminuir assim o risco de ocorrência de acidentes de viação.

Dos condutores fiscalizados, registaram-se 2009 contraordenações, das quais se destacam 855 relacionadas com tacógrafos. Destas infracções, 304 foram por excesso de peso no veículo, 241 por anomalias nos sistemas de iluminação e sinalização, 85 por irregularidades nos pneus e 62 por falta de inspeção periódica obrigatória.

PUBLICIDADE

Para além disso, surgiram ainda 19 contraordenações no âmbito do acordo ADR (mercadorias perigosas) e 14 pelo uso indevido do telemóvel durante a condução.

A GNR registou ainda dois crimes no campo rodoviário e relacionados com veículos pesados.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.