VILA VERDE -

VILA VERDE - -

Grupo de Erasmus participou em Workshop na Casa do Conhecimento de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Casa do conhecimento de Vila verde recebeu, nos dias 17, 18 e 19 de Fevereiro, em parceria com o Agrupamento de Escolas de Vila Verde, um grupo de Erasmus+ proveniente da Grécia, Espanha, Turquia, Polónia, no âmbito do Projecto “Robocode Workshop of Young Inventors is Designing the Future”.

O workshop foi desenvolvido com base em actividades LTTA (Learning, Teaching, Traisning Activites), tendo em vista a concepção de casas inteligentes, recorrendo à plataforma “Arduíno”.

A Casa do Conhecimento integrou a programação da tarde de 18 de Fevereiro, com um conjunto de acções particulares. Foi efectuada uma abordagem específica à casa inteligente, sobretudo ao “quarto de brincar”, como um «espaço a não negligenciar», dadas as suas «potencialidades de aprendizagem».

PUBLICIDADE

«Brincar pode envolver várias modalidades, nomeadamente a construção dos próprios brinquedos. Elaborar jogos e artefactos com os quais se pode interagir, um potencial que se pode retirar do “Arduíno”, uma plataforma de prototipagem electrónica de hardware livre, de baixo custo e fácil de usar e do Processing, uma linguagem de programação de código aberto e ambiente de desenvolvimento integrado», pode ler-se em comunicado enviado.

Partindo de uma exposição sucinta de “Arduíno” e de Processing, foi apresentado um «artefacto interactivo com base nos mesmos, que implementa um comando de uma consola retro, construído a partir de uma caixa de sapatos com um Arduíno, um potenciómetro e um sensor piezoelétrico, que permite interagir com um jogo programado, tendo como inspiração os jogos retro 8 bits», acrescentam.

Esta apresentação deixou a plateia expectante e visivelmente satisfeita com a interacção apresentada. Os trabalhos prosseguiram com uma visita aos espaços da Casa do Conhecimento, onde habitualmente decorreram demonstrações de robótica, realidade aumentada, impressão 3D, electrónica criativa.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS