VILA VERDE

VILA VERDE -

Grupo de Jovens de Vilarinho cria peça artística com lixo reciclado

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Grupo de Jovens de Vilarinho homenageou o padroeiro da freguesia, São Mamede, com a concepção de uma figura, em tamanho humano, com recurso ao plástico recolhido numa actividade recente.

Em Julho, o Grupo de Jovens aliou-se aliou-se a uma iniciativa mundial, a Plastic Free July, que visa sensibilizar para o consumo excessivo de plástico e as suas consequências para o meio ambiente.

PUBLICIDADE

Decidiu, nesse sentido, limpar a sua freguesia, recolhendo todo o lixo que se encontrava espalhado pelos caminhos, separando-o. Plástico para um lado, cartão, vidro e lixo orgânico para os respectivos locais.

Agora, com o plástico reciclado, o grupo concebeu um São Mamede, em tamanho humano, como símbolo do padroeiro da freguesia. A peça artística foi esta quarta-feira apresentada à comunidade na missa dedicada ao santo.

Com esta peça de S. Mamede e com esta iniciativa de limpeza da freguesia, o Grupo admite que o propósito é simples: «alertar toda a gente para a importância de não deitar lixo para o chão e separar todo o vosso lixo em casa».

«Não é só por uma questão de civismo, é muito mais do que isso, é a nossa sobrevivência. O mundo está a mudar, já todos nos apercebemos. Parece que não existem estações do ano como antes, fomos assoberbados por uma pandemia que nos deixou a todos bloqueados e assustados, são cada vez mais as catástrofes naturais que assolam o mundo! Isto tem tudo uma razão: a poluição e a mão humana», refere.

O Grupo de Jovens de Vilarinho apela à acção de todos.

«Na nossa freguesia, dias depois de a limparmos, já havia imenso lixo outra vez pelo chão. Agora, um mês depois, nem falemos. Não podemos destruir assim o nosso planeta, nem a sobrevivência das gerações futuras! Todos nós temos de agir! Todos nós temos uma importante missão a cumprir: salvar o planeta, salvando-nos a todos nós. Como? É tão simples: não deitando lixo para o chão e fazendo a reciclagem de todo o lixo», frisa.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.