REGIÃO

REGIÃO -

Guimarães investe despesa da passagem de ano em vales para dinamizar comércio e restaurantes 

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara Municipal de Guimarães delibera, na próxima quinta-feira, a atribuição de dois tipos de vales (‘vouchers’), no total de 80 mil euros, para incentivar o consumo em todos os estabelecimentos comerciais e restaurantes do concelho. 

“O apoio da autarquia corresponde a um total de 40 mil euros em cupões, valor equivalente ao que iria ser gasto na festa de passagem de ano no Centro Histórico de Guimarães – que não é possível realizar-se em 2020 devido à actual pandemia”, afirma Domingos Bragança, presidente da Câmara.

“Este quiosque digital, disponibilizado pelo município e dedicado ao comércio e restauração de Guimarães, vai dinamizar, modernizar, inovar e tentar corresponder às necessidades e dificuldades deste tempo de pandemia, do nosso comércio, restauração, cafés, pastelarias e similares. Os comerciantes têm de se registar nesta plataforma e os vimaranenses também!”, apela, referindo que”a partir daqui, cria-se um ponto de encontro onde será possível fazer compras seguras por via digital a todos que escolham consumir no território vimaranense”.

PUBLICIDADE

“Com esta solução digital, que o município desenvolveu de raiz nos últimos cinco meses, o público poderá encontrar produtos de lojas vimaranenses e ementas de restaurantes de todo o concelho”, explica a autarquia. 

Para beneficiarem desta possibilidade, os consumidores têm de aceder ao ‘Quiosque Electrónico’, uma plataforma digital e cuja aplicação pode ser descarregada para os telemóveis através das lojas Google Play (Android) ou da Apple Store (iPhone).

Depois de se registar na plataforma ‘Proximcity’, nome dado a esta aplicação, o consumidor tem acesso “a uma grande montra digital, actualmente com mais de uma centena de lojas já aderentes, podendo adquirir produtos vimaranenses em qualquer parte do mundo, sem sair de casa”.

Durante os próximos três meses, ao efectuar compras no valor igual ou superior a 15 euros, seja no comércio tradicional, loja, ou restaurante do concelho que esteja registado no ‘Quiosque Electrónico’, os primeiros 15 euros são convertidos num vale que, por sua vez, será descontado na compra final, numa medida que visa apoiar o comércio, restauração e similares.

Os ‘vouchers’ são de atribuição única e são concedidos por ordem de registo de cada utilizador/consumidor, nas compras que faça na plataforma digital. 

Também nos próximos três meses, a Câmara garante que qualquer artigo adquirido através do Quiosque Electrónico seja entregue gratuitamente no domicílio de cada consumidor, com residência na área geográfica vimaranense. O acordo resulta de uma parceria com a Associação Vimaranense de Hotelaria (AVH) e a Associação do Comércio Tradicional de Guimarães (ACTG).

Para este serviço de transporte, foi estabelecida a atribuição de mais um outro apoio financeiro até 40 mil euros, que é pago mediante a apresentação de relatórios onde constam os serviços de transporte prestados, designadamente, a data, número, valor da factura do produto/serviço do estabelecimento comercial, montante da factura do serviço de transporte, bem como o registo digital do pedido que o consumidor efectuou no Quiosque Electrónico.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS