SAÚDE –

SAÚDE – -

Hospital de Braga recebe apresentação de livro  “A morte é um dia que vale a pena viver”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Braga foi a primeira cidade portuguesa a receber Ana Cláudia Arantes, médica especialista em cuidados paliativos, que acedeu ao convite da Equipa Intra-Hospitalar de Suporte a Cuidados Paliativos (EIHSP) do Hospital de Braga para apresentar o seu livro “A morte é um dia que vale a pena viver”.

Tendo consciência do teor provocatório do título da publicação, Ana Cláudia Arantes apresentou um livro que considera ser “essencialmente sobre a vida e que, devido ao reconhecimento da sua finitude, incita os leitores a encararem a vida com mais respeito”.

PUBLICIDADE

Quando questionada sobre a forma como os profissionais de saúde lidam com a morte de um paciente e o cuidado prestado aos seus familiares, a especialista em cuidados paliativos deixou um desafio aos colegas de profissão: “transformar a morte numa experiência humana valiosa e não num aspecto técnico ou biológico”.

Cristiana Lopes, psicóloga e membro da EIHSP do Hospital de Braga, destacou o “enorme privilégio que é ter uma paliativista de renome no Hospital de Braga”, bem como a mais valia da sua “sabedoria para continuar a trilhar o longo caminho dos cuidados paliativos”.

Já Teresa Macedo, médica oncologista e coordenadora da EIHSP do Hospital de Braga, classificou a vinda de Ana Cláudia Arantes ao Hospital de Braga como “um processo de aprendizagem e partilha” e considera que “os cuidados de fim de vida não são apenas do foro dos profissionais de saúde, mas de todos nós”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS