REGIÃO

REGIÃO -

IPCA lança plataforma “SASocial”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O início do ano lectivo 2020/2021 no Instituto Politécnico do Cávado e do Ave (IPCA) marca o arranque do “SASocial”, uma plataforma informática que disponibiliza o acesso a serviços digitais no âmbito da actuação dos Serviços de Acção Social (SAS).

Com esta plataforma, os SAS do IPCA pretendem «melhorar de forma significativa a qualidade dos serviços prestados aos estudantes, através da disponibilização de um acesso rápido e fácil a serviços como: a compra de refeições para as cantinas, inscrição na bolsa de colaboradores, ou a candidatura às bicicletas “Cabi”, entre outros».

«ACESSO A UM VASTO LEQUE DE SERVIÇOS DIGITAIS»

PUBLICIDADE

Deste modo, a comunidade académica do IPCA passa a ter à sua disposição o «acesso a um vasto leque de serviços digitais, suportados nas mais recentes tecnologias, promovendo-se, assim, uma melhoria significativa no acesso aos apoios e serviços prestados e, em simultâneo, garantindo ganhos de eficiência e eficácia nas estruturas internas», pode ler-se em nota enviada.

Para além da melhorar a qualidade dos serviços prestados através da disponibilização desta nova ferramenta, os SAS têm ainda como objectivo «aumentar a eficiência e eficácia da sua actuação, tirando partido das melhorias que esta plataforma introduz ao nível da desburocratização, simplificação e a desmaterialização dos processos, bem como melhorar a capacidade de comunicação com os alunos, através da utilização de recursos como o circuito “IPCA Digital TV” e da integração do serviço de comunicação com os dispositivos móveis».

A plataforma SASocial pode ser acedida através de dispositivos com acesso à internet em https://portal.sas.ipca.pt e através dos quiosques multimédia interativos distribuídos na cantina do Campus e na zona de acesso aos Serviços Académicos. Brevemente estará disponível a versão mobile.

A comunicação de conteúdos digitais está assegurada por uma rede de 13 TVs e 2 vídeo walls, distribuídos pelos edifícios do Campus e dos Polos. O objectivo destes passa por criar uma rede de comunicação moderna, com capacidade para direccionar a comunicação em função do perfil dos utilizadores existentes em cada espaço.

Esta plataforma foi desenvolvida em parceria com o Instituto Politécnico de Viana do Castelo (IPVC) e o Instituto Politécnico de Bragança (IPB), no âmbito do projeto [email protected], e financiado pelo programa SAMA de modernização administrativa, Portugal 2020, Compete 2020 e União Europeia.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS