EDUCAÇÃO –
Isabel Ermida preside ao Instituto de Letras e Ciências Humanas da UMinho

A nova presidência do Instituto de Letras e Ciências Humanas (ILCH) da Universidade do Minho toma posse esta terça-feira, dia 1, às 14h30, no auditório do ILCH, sito no campus de Gualtar, em Braga.

Para o triénio 2019/2022, Isabel Ermida vai ter como vice-presidentes Maria do Carmo Mendes, Ângelo Martingo e Carlos Pazos. A cerimónia de investidura conta com o reitor Rui Vieira de Castro e está aberta a toda a comunidade.

PUBLICIDADE

Isabel Ermida é professora catedrática no Departamento de Estudos Ingleses e Norte Americanos da UMinho. É doutorada em Linguística Inglesa com uma tese sobre os mecanismos linguísticos da comédia literária, cuja pesquisa foi efectuada na Purdue University (EUA).

Desempenhou diversos cargos ao longo dos anos, tendo na UMinho sido directora de Departamento, directora do doutoramento em Ciências da Linguagem, directora do mestrado em Língua, Literatura e Cultura Inglesas e presidente do Conselho de Cursos de Letras e Ciências Humanas, tendo igualmente presidido à Associação Portuguesa de Estudos Anglo Americanos (APEAA).

Entre os seus livros incluem-se “Dracula and the Gothic in Literature, Pop Culture and the Arts” e “The Language of Comic Narratives”.

Docente universitária desde 1991, tem-se dedicado à investigação dos usos da língua inglesa em contextos comunicativos e lidera actualmente um projecto no âmbito da agressividade verbal nas redes sociais.

1300 ESTUDANTES

O ILCH conta com 1300 estudantes e várias dezenas de docentes e investigadores, que desenvolvem as suas actividades de ensino, investigação e ligação à comunidade no campo das Letras, Artes e Humanidades.

É constituído por sete departamentos (Estudos Asiáticos, Estudos Germanísticos e Eslavos, Estudos Ingleses e Norte-Americanos, Estudos Portugueses e Lusófonos, Estudos Românicos, Filosofia e Música), pelo Centro de Estudos Humanísticos (CEHUM), que integra 14 grupos de investigação, e pelo Centro de Ética, Politica e Sociedade (CEPS).

Possui oito licenciaturas, onze mestrados e cinco doutoramentos.

O ILCH aposta no desenvolvimento das artes, da cultura humanista e do pensamento crítico e na valorização da língua portuguesa a nível nacional e internacional.

Aposta também na promoção do multilinguismo e na criação de um ambiente multicultural, dedicando especial atenção à inovação, à interdisciplinaridade e à cooperação internacional, bem como ao desenvolvimento de parcerias em todos os continentes.