CULTURA

CULTURA -

João Gomes Gago vence Grande Prémio da Bienal de Arte Jovem

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A obra “Sem título”, de João Gomes Gago, venceu o Grande Prémio da 10ª edição da Bienal Internacional de Arte Jovem de Vila Verde.

Em segundo lugar, ficou João Pedro Trindade (“Sem Título”), enquanto o prémio Revelação até aos 20 anos foi atribuído, em simultâneo, a Maria Diana da Costa (“Maste of Doom”) e ao artista Alves (“O Olho”).

PUBLICIDADE

O júri deliberou ainda atribuir Menções Honrosas às obras”Um litro e meio de tinta”, de Hugo Castro, “La danza de la ratuna interessante”, de Lalo Lugo, e a “Intervalo absoluto”, de Daniela Carneiro Lino.

A reunião do júri, realizada esta quinta-feira, teve como finalidade premiar as obras a concurso, das 37 que foram apresentadas e que integrarão a exposição a decorrer no período de 7 a 28 de Julho.

O Júri foi constituído pelo pintor Luís Coquenão, pelo artista plástico Maciel Cardeira, pelo arquitecto Jean Pierre Porcher, pelo artista plástico Isaque Pinheiro e pela artista plástica e vencedora da 9ª Bienal Internacional de Arte Jovem de Vila Verde, Alexandra Rafael

A inauguração da Bienal Internacional de Arte Jovem de Vila Verde será no dia 7 de Julho, às 17h00, na Biblioteca Professor Machado Vilela.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS