VILA VERDE

VILA VERDE -

José Morais aponta aos críticos internos do PS. «Fui alvo de uma tentativa rasteira de assassinato político e de carácter»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O vereador do PS na Câmara de Vila Verde José Morais disse, esta segunda-feira, que «nos últimos dias» foi «alvo de uma tentativa rasteira de assassinato político e de carácter», deixando críticas a uma suposta “ala radical” do PS.

«Quanto aos “acusadores” eles dividem-se em dois tipos: uma suposta “ala radical do PS”, que covardemente não dá cara, e o líder do CDS e um ex-militante do PS, que, embora não concordando com a opinião deles, valorizo o facto de serem frontais», refere.

PUBLICIDADE

«Quanto à tal “ala radical do PS”, que tem feito intriga ao longo dos anos e que covardemente se esconde, desafio-os a aparecerem e discutirem cara a cara as suas posições», acrescenta.

Em comunicado, Morais sublinha que «no PS ter opinião diferente não é crime» e assegura que coloca em primeiro lugar a defesa dos interesses de Vila Verde.

«Acham mesmo que me rebaixam ao dizer que perdi o lugar de deputado por ter votado ao lado do presidente da câmara, em defesa dos interesses do concelho? A esses senhores quero dizer que se, eventualmente, fui penalizado por defender os interesses do concelho, isso para mim é uma medalha que exibirei orgulhosamente ao peito», afirma.

Em nome dos vereadores do PS, Morais garante que «os interesses dos vilaverdenses e do concelho estarão sempre acima de tudo».

«Continuaremos a votar favoravelmente quando entendermos que as propostas são boas e a votar contra quando acharmos o contrário. Para terminar, dizer a essas pessoas uma coisa: sou do Partido Socialista, mas antes disso sou vilaverdense, e gosto muito da minha terra», frisa.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.