PAÍS

PAÍS -

José Morais contra comemorações presenciais do 25 de Abril (c/vídeo)

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O vereador do PS na Câmara de Vila Verde José Morais disse, este domingo que não concorda «que este ano haja cerimónias presenciais» no dia 25 de Abril, como a que vai acontecer na Assembleia da República.

«A data pode e deve ser assinalada, mas num formato alternativo. Talvez num formato digital, com intervenções curtas e difundidas em simultâneo para todo o país», refere.

PUBLICIDADE

Em comunicado, o vereador vilaverdense diz que «comemorar esta data com cerimónias presenciais, mesmo respeitando as regras de distanciamento, é dar um sinal errado à sociedade».

«A ser feito, será entendido como falta de empatia para com todos os que têm respeitado e sofrido com o confinamento. Na política, o simbolismo dos atos e das palavras é muito importante», refere.

Lembrando que «o país está praticamente parado» e que «as celebrações da Páscoa foram canceladas e a cerimónia do dia de Portugal também», Morais defende que «com uma comemoração num formato digital, ou noutro, mantinha-se bem viva a chama da liberdade e dar-se-ia um forte sinal ao país de que os tempos continuam a ser de confinamento».

«Sou um apoiante da primeira hora de António Costa, mas neste caso não concordo com o posicionamento oficial do meu partido», refere.

SUGERE VÍDEO-CONFERÊNCIA EM VILA VERDE

No caso de Vila Verde, José Morais propõe que as comemorações do 25 de Abril deste ano «se realizem através de uma cerimónia por vídeo-conferência ou em directo nas redes sociais, transmitida para todos os que quiserem assistir».

«Foi isso que propus ao presidente da Assembleia Municipal e dei conhecimento ao Presidente da Câmara. Para terminar, dizer-vos que o 25 de Abril e os valores da democracia devem ser celebrados todos os dias, principalmente combatendo a opressão, a demagogia, o populismo e a corrupção, que essas sim são as grandes doenças da democracia», finaliza o comunicado.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS