LEGISLATIVAS –

LEGISLATIVAS – -

José Morais (PS) enaltece trabalho «fundamental e insubstituível» das IPSS de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Uma comitiva do PS de Vila Verde, liderada por José Morais, visitou o Centro Social da Paróquia de Covas, onde foi recebida pelo presidente da Direcção da instituição, padre Feliciano Oliveira, e pela directora técnica, Luísa Gonçalves.

«Com esta visita, quisemos, por um lado, inteirar-nos do trabalho e das dificuldades com que a instituição se depara no dia-a-dia e, por outro, transmitir quais as opções políticas do Partido Socialista para a terceira idade», refere.

PUBLICIDADE

Em comunicado, José Morais, que integra a lista do PS pelo círculo eleitoral de Braga, mostra-se «encantado com o trabalho que é feito em Covas e com o projecto que a Direcção tem para esta IPSS», que passa pela reabilitação da antiga escola primária.

«Os nossos idosos ficarão certamente com um apoio fundamental para melhorar a sua qualidade de vida», sublinha.

Para Morais, «há diversas instituições concelhias a fazer um trabalho de excelência, e insubstituível, no sector da terceira idade», graças ao «pensamento estruturado das Direcções das instituições e da competência e da dedicação dos profissionais que nelas trabalham».

«Esta é uma rede que temos de acarinhar e apoiar. É fundamental que se combata a solidão dos mais idosos. Hoje, as famílias têm dificuldades em acompanhar os seus familiares no dia a dia, o que faz aumentar a necessidade de outras respostas sociais, como as que as diversas IPSS dão», conclui.

POLÍTICA DO PS PARA O SECTOR

A visita foi aproveitada para apresentar a política que o PS preconiza para o sector, considerando que «os riscos associados ao envelhecimento, como a dependência e o isolamento, exigem uma capacidade de reorientação dos sistemas de protecção social».

Os socialistas pretendem, por isso, entre outras medidas, «criar um sistema de identificação e sinalização das pessoas a viver em situação de vulnerabilidade associada ao envelhecimento, para efeitos de vigilância específica sediada nos cuidados de saúde primários», assim como «inovar nas respostas para as questões da dependência e do isolamento, tanto em contexto urbano como rural, reforçando não apenas a rede de equipamentos e serviços já existentes».

«Desenvolver um sistema integrado de sinalização de idosos isolados, associado a uma “garantia de contacto” regular, em parceria e estimulando o voluntariado social», assim como «desenvolver, no âmbito do apoio à dependência, modelos de assistência ambulatória e ao domicílio, em parceria com a saúde» são outras da propostas inscritas no programa do PS.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.