VILA VERDE

VILA VERDE -

Júlia Fernandes defende «apoio para sanidade animal e mais competitividade da agricultura» em Vila Verde 

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A autarca e candidata do PSD à presidência da Câmara de Vila Verde, Júlia Fernandes, defendeu, esta quarta-feira, a «atribuição de apoio extraordinário para fazer face às despesas acrescidas ao nível da sanidade animal». Numa visita às novas instalações da Cooperativa Agrícola de Vila Verde (CAVIVER), Júlia Fernandes reconheceu as «especificidades do concelho e a dispersão de pequenas explorações agropecuárias pelo território extenso», algo que torna as «operações de sanidade animal mais onerosas, com consequências sobre os preços e a rentabilidade das produções».

Júlia Fernandes foi recebida pela direcção da CAVIVER, liderada por José Manuel Pereira, tendo-se mostrado «sensível aos argumentos dos dirigentes da cooperativa», que lamentaram a «falta de majoração das comparticipações para casos como Vila Verde, um concelho de minifúndio, extenso e com muita dispersão de explorações».

«SANIDADE ANIMAL TEM UM CUSTO NA ORDEM DOS 85 MIL EUROS ANUAIS»

PUBLICIDADE

Segundo as contas da CAVIVER, o trabalho ao nível da sanidade animal tem um custo na «ordem dos 85 mil euros anuais», com consequências para a concorrência de preços – face a outros concelhos com custos mais baixos ao nível da sanidade animal, tendo ainda em conta as características do território e a concentração de explorações.

«EXPLORAÇÕES AGRÍCOLAS NO CONCELHO DIMINUÍRAM NOS ÚLTIMOS ANOS»

Nos últimos anos, as «explorações agrícolas no concelho diminuíram em quantidade, mas o número de animais bovinos e pequenas ruminantes tem-se mantido estável, melhorando a rentabilidade», pode ler-se em nota enviada pelo PSD de Vila Verde. A CAVIVER – que recuperou de um período recente de graves dificuldades financeiras – está igualmente em crescendo, já «conseguiu superar os dois milhões de euros de facturação anual».

NOVAS INSTALAÇÕES DA CAVIVER

As novas instalações de atendimento e venda de produtos abrem «boas perspectivas» para os responsáveis da instituição, que têm feito uma «forte aposta na formação e no aconselhamento técnico aos agricultores».

Júlia Fernandes manifestou ainda «particular regozijo» pelo trabalho da CAVIVER nesta área, defendendo o «fortalecimento da relação de parceria da instituição com o Município, para concretizar um serviço de «qualidade no apoio aos agricultores e novos investidores agrícolas». A candidata socialdemocrata destacou também a «importância estratégica da agricultura para o desenvolvimento rural, com particular impacto nas freguesias do concelho de Vila Verde».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.