CERIMÓNIA DECORREU ESTA MANHÃ NO LUGAR DA PONTE NOVA

CERIMÓNIA DECORREU ESTA MANHÃ NO LUGAR DA PONTE NOVA -

Lançada a primeira Pedra da “Ciclovia Urbana e Sistema de Bicicletas partilhadas de Vila Verde”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O lugar da Ponte Nova, na Loureira, acolheu, esta manhã, a cerimónia de lançamento da primeira Pedra da Ciclovia Urbana e Sistema de Bicicletas partilhadas de Vila Verde. O presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, o Vogal Executivo do Norte 2020 – Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte CCDR-N, Jorge Nunes, o Presidente de Junta da Freguesia de Vila Verde e Barbudo, José Luis Faria e Pedro Dias, Presidente de Junta da Freguesia da Loureira assinaram o Auto da Cerimónia.

Descerrada a lápide de início de obra, chegou o momento das intervenções, onde o presidente de Junta da Freguesia da Loureira, Pedro Dias, referiu que «esta ciclovia urbana irá contribuir significativamente para um aumento da qualidade de vida da população, assim como projectará o território e os recursos turísticos».

José Faria, presidente de Junta da Freguesia de Vila Verde e Barbudo, afirmou que, para além da «melhoria na qualidade de vida e segurança», acrescentou que «existirá uma maior protecção aos pedestres, através da criação de uma via própria», e que esta «servirá como meio de encorajamento à prática do desporto».

PUBLICIDADE

O Vogal Executivo do Norte 2020 da Comissão de Coordenação e Desenvolvimento Regional do Norte CCDR-N, Jorge Nunes, realçou que vê «um empenho e um posicionamento avançado por parte dos municípios através destas obras e iniciativas», pois «estão a construir para o futuro, a alinhar e a acompanhar o trabalho e as decisões».

«É mais um meio para proporcionar melhores condições de vida à população», concluiu.

Ainda antes de terminar a cerimónia, António Vilela, presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, destacou que a obra «vai valorizar o território da Freguesia da Loureira mas também o Norte do País, pois é uma infra-estrutura essencial e importante para todos nós».

«Este é mais um projecto integrado na valorização do património e mais um factor de crescimento no Concelho», atirou.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS