NAMORAR PORTUGAL - Luena vence prémio “Bolo Mês do Romance 2019”

NAMORAR PORTUGAL -
Luena vence prémio “Bolo Mês do Romance 2019”

Está escolhido o “Bolo Mês do Romance 2019”. O primeiro prémio foi atribuído à Pastelaria Luena, representada por Mário Pimenta, com um bolo em forma de coração com ingredientes como frutos silvestres, massa folhada e tantos outros bem apetecíveis até para os mais difíceis de convencer.

O concurso, promovido pela Associação Comercial de Braga e pela Câmara Municipal de Vila Verde, contou com a participação de sete pastelarias com fabrico próprio no Concelho, entre elas Pastelaria Pão D’Oiro (Sérgio Lopes e Silvana Vieira), Pastelaria Salvador (Isabel Sousa), Pastelaria da Vila (Arnaldo Sousa), Pastelaria Luena (Mário Pimenta), Pastelaria Babá (João Benjamim), Chocolate com Pimenta (Bruna Sousa) e a Pastelaria Pedro.

No início da cerimónia, a Vereadora da Cultura do Município, Júlia Fernandes, enalteceu a «criatividade e talento das obras de arte confeccionadas», acrescentando que «todos são vencedores nesta que é uma verdadeira mostra de criatividade».

PUBLICIDADE

«PROMOVER A INOVAÇÃO»

O Director Geral da ACB, Rui Marques, explicou que a iniciativa tem como objectivo «promover a inovação nas pastelarias do concelho».

Quanto ao concurso, o Director Geral da ACB – também ele parte integrante do Júri composto ainda pelos Chef´s Vinagre e Miguel Barbosa – esclareceu que a «única condição para poder concorrer era que o bolo pudesse ser consumido por duas pessoas» e que os parâmetros de avaliação adoptados foram «a originalidade, o sabor, a apresentação, o formato, e a alusão ao tema».

Para além do vencedor foram também atribuídas duas menções honrosas às Pastelarias Pão D’Oiro e Babá.

«EXCELENTES PRODUÇÕES»

O Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, destacou «a qualidade e capacidade criativa dos pasteleiros», relembrando o papel da gastronomia no Concelho.

«Uma das imagens de marca de Vila Verde é a sua gastronomia e as pastelarias que aqui estão. Não devemos esquecer as receitas tradicionais, mas também temos de evoluir, crescer e criar coisas novas. A iniciativa permite que possam colocar à prova todo o vosso talento», concluiu.