FAMALICÃO

FAMALICÃO -

Mário Passos reclama mais investimento em acessibilidades para suportar capacidade exportadora de Famalicão

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O presidente da Câmara Municipal de Famalicão reclamou a necessidade de mais e melhores acessibilidades para sustentar capacidade exportadora do tecido industrial do concelho e da região.

Mário Passos falava no iTechStyle Summit, Conferência Internacional do Têxtil e Vestuário que reuniu em Famalicão um conjunto de players do sector, académicos, investigadores, clusters e agentes ligados ao Têxtil e Vestuário de todo o mundo no Terminal do Porto de Leixões.

Aproveitando a presença do secretário de Estado da Economia, João Neves, Mário Passos lembrou que “o contributo de Famalicão para a balança comercial nacional regista um superavit de mais de 1.000 milhões de euros e temos a convicção de que com melhores acessibilidades as nossas empresas seriam capazes de criar ainda maior riqueza para o país” dando como exemplo “a pequena travessia sobre o rio Ave em Lousado de ligação ao concelho de Santo Tirso, que está estrangulada na ponte romana da Lagoncinha”.

PUBLICIDADE

O autarca social-democrata deixou o desafio ao Governo para que “neste início de mandato olhe para este território, que com as suas empresas, quer evoluir, ser competitivo, na certeza que com o investimento Portugal sai a ganhar”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.