EUROPEIAS – MAS critica «justiça machista» que não pune devidamente os agressores

EUROPEIAS –
MAS critica «justiça machista» que não pune devidamente os agressores

O MAS – Movimento Alternativa Socialista critica aquilo a que apelida de «justiça machista», que «deixa soltos os agressores e deixa morrer as vítimas, algo verdadeiramente vergonhoso».

Alertam, por isso, «para a necessidade urgente de penas mais pesadas para os agressores machistas».

PUBLICIDADE

«A violência domestica não é um problema apenas de Portugal, queremos uma Europa de violência zero», referem, em nota enviado às redacções.

A campanha do MAS esteve esta terça-feira na feira semanal de Braga em contactos com a população, tendo depois rumado à empresa Coindu, em Joane, Vila Nova de Famalicão, onde denunciou «os baixos salários dos trabalhadores em comparação com os salários milionários dos administradores».