JUSTIÇA

JUSTIÇA -

Mega-operação da PSP desmantela rede de droga em Viana do Castelo

A PSP desmantelou uma importante rede de tráfico de estupefacientes que abastecia a cidade de Viana do Castelo. A operação, denominada Aves Nocturnas, resultou na detenção de oito homens, entre os 20 e os 30 anos, e na apreensão de vários tipos de droga.

Em comunicado, a Polícia vianense explica que a operação começou ainda no dia anterior e que, inicialmente, foram executados três mandados de busca e apreensão, em três residências nas localidades de Afife, Ancora e Vila Praia de Ancora, tendo sido detidas quatro pessoas.

Na segunda fase da acção – que terminou às 08h40 desta terça-feira -, foram executados cinco mandados de busca e apreensão domiciliárias, uma em estabelecimento comercial e quatro em viaturas nas freguesias de Viana do Castelo, nomeadamente Afife, Perre, Areosa, e União de freguesias de Santa Maria Maior, Monserrate e Meadela, em Âncora e Vila Praia de Âncora, no concelho de Caminha, e Leça do Balio, no concelho de Matosinhos, distrito do Porto.

No total, resultaram oito detenções, sete por posse de produto estupefaciente, um por posse de arma proibida e foi ainda constituído arguido um cidadão.

No decurso da operação foram ainda apreendidas várias plantas de cannábis, uma estufa própria para a sua produção, haxixe, cocaína, uma viatura automóvel, dinheiro, telemóveis, artigos vários relacionados com tráfico e consumo de estupefacientes e uma arma proibida.

A análise, pesagem e contabilização do material apreendido ainda se encontra em curso, esclarece ainda a polícia.

Em declarações à agência Lusa, o comissário da PSP Miguel Araújo explicou que a operação realizada resulta de uma investigação em curso há oito meses, adiantando ter sido “desmantelada uma importante rede de tráfico de estupefacientes que abastecia a cidade de Viana do Castelo”.

“Os detidos são todos da cidade de Viana do Castelo e arredores e já operavam com ‘MbWay’. Ainda não podemos avançar a quantidade de droga apreendida, mas mais importante foram os utensílios apreendidos no âmbito deste processo, desde balanças, estufas, vasos de canábis, plantações, viaturas”, especificou.

Segundo o comissário Miguel Araújo, os sete detidos devem ser presentes tribunal na quarta-feira.

Partilhe este artigo no Facebook
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE