BRAGA -

BRAGA - -

Ministério da Cultura recua e atribui subsídio máximo aos Encontros de Imagem por “excelência”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Ao contrário do que sucedeu nas últimas duas edições, o Ministério da Cultura, através da Direcção-Geral das Artes (DGArtes), atribuiu à candidatura dos Encontros de Imagem de Braga o subsídio máximo de 40 mil euros, classificando de “excelência” o evento.

A novidade foi dada este sábado na cerimónia oficial de abertura dos Encontros por Carlos Fontes, o director do certame, que este ano cumpre a 26.ª edição.

Ao subsídio do governo junta-se aos 30 mil atribuídos pela Câmara Municipal.

PUBLICIDADE

A edição 2018 dos Encontros reúne 40 exposições, de mais de uma centena de artistas subordinadas ao tema ‘O Belo e a Consolação’ , expostas, até 28 de Outubro, em 17 espaços das cidades de Braga, Guimarães, Barcelos e Porto.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS