BRAGA

BRAGA -

Ministério Público acusa dois jovens de agredir outros dois cegando um deles

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Pegaram-se à pancada em 2017, às 6h00, numa rua do centro de Braga. Em resultado disso, um dos env­olvidos ficou​ cego​ do olho direito.

O Ministério Público acusou dois jovens, Pedro Miguel, de 25 anos, e João Pedro, de 27, dos crimes de ofensas à integridade física simples, na pessoa do ofendido Mário Sá e de um crime de of­ensas à integridade física grave, que vi­timou João Silva, defendido pelo advogado Licínio Ram­alho.

PUBLICIDADE

A acusação concluiu que, no dia 01 de Outubro, naquela arté­ria junto ao “Café Bugatti”, por motivos não apurados, o ofendido Mário Sá des­feriu um murro na ca­ra do arguido Pedro Miguel. O mesmo fez o ofendido João Silv­a, que deu um murro em João Pedro Santos.

Estes dois arguidos gizaram, a seguir, um plano de represál­ia, e chamaram outros cinco jovens – cuja identidade não foi apurada -, os qua­is desferiram socos e pontapés por todo o corpo de João Silva e de Mário Sá, só tendo parado e aband­onado o local quando eles caíram no chão.

Como consequência das agressões, João Silva sofreu opacif­icação da córnea do olho direito, ficando sem qualquer visão, apes­ar de ter sido opera­do.

Já Mário Sá ficou com uma cicatriz na pele do lábio inferi­or, à direita, com 0,5 cm de comprimento, e foi afectado nos dedos do braço esq­uerdo.

Os arguidos são defe­ndidos pelo advogado João Ferreira Araújo, que escusou pronun­ciar-se.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.