EDUCAÇÃO

EDUCAÇÃO -

Município de Vila Verde recebe grupos de Erasmus incentivando jovens para a tolerância e a inclusão

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O Município de Vila Verde recebeu dois grupos de estudantes oriundos de países europeus ao abrigo do programa europeu Erasmus, no âmbito de projectos desenvolvidos pela Escola Profissional Amar Terra Verde (EPATV) e pelo Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva.

A presidente da Câmara Municipal, Júlia Fernandes, e o vice-presidente Manuel Lopes acolheram os dois grupos no Salão Nobre do Município, partilhando com os jovens as políticas do Município na gestão ao nível da educação, desde a construção e manutenção dos edifícios escolares até ao apoio à alimentação, transportes e outras actividades e projectos escolares, dando também destaque à preocupação com a inclusão social.

PUBLICIDADE

Júlia Fernandes valorizou a importância dos projectos de intercâmbio e mobilidade dos jovens financiados pelo Erasmus, com um papel determinante na afirmação da cidadania europeia e da coesão social, promovendo a multiculturalidade e valores como a tolerância e a inclusão.

«São valores particularmente relevantes neste momento tão delicado e preocupante, face ao conflito armado entre a Rússia e a Ucrânia», apontou a autarca, que recebeu os grupos de jovens no Salão Nobre do Município.

Nas sessões com os jovens Erasmus, os responsáveis autárquicos de Vila Verde aproveitaram para falar ainda das potencialidades turísticas, culturais, tradicionais e económicas do Concelho, assim como todo o processo que envolveu a criação da marca Namorar Portugal, baseada na tradição dos Lenços dos Namorados.

O grupo da EPATV, constituído por cerca de 50 professores e alunos oriundos de oito países europeus (Portugal, Espanha, França, Inglaterra, Itália, Lituânia, Grécia e Turquia), está a participar num curso intensivo em Managerial Skills, um dos resultados desenvolvidos durante o projeto Erasmus+ nº 2019-1-ES01-KA202-064745 – EROVET+ – Filling the Skills Gap of European VET learners, que visa melhorar a empregabilidade dos jovens, trabalhando para desenvolver as suas competências, sobretudo no que às soft skills diz respeito.

O grupo do Agrupamento de Escolas de Moure e Ribeira do Neiva é constituído por 41 alunos e 17 professores provenientes de Bélgica, Bulgária, Espanha, Itália e Turquia, parceiros no projeto ERASMUS+ “The Migration: History of the world”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.