REGIÃO – Norte é a pior região portuguesa no índice da competitividade da União Europeia

REGIÃO –
Norte é a pior região portuguesa no índice da competitividade da União Europeia

A região Norte de Portugal é a pior no Índice de Competitividade Regional (RCI) da União Europeia, divulgado, esta terça-feira, em Bruxelas pela Comissão Europeia no âmbito da Semana Europeia das Regiões.

Pensando num padrão de 100 pontos para a média da UE, o Norte de não chega aos 65 pontos (64,63), a região Centro tem 66,53, a Região Autónoma dos Açores 68,43, ao Alentejo é atribuída a classificação de 71,6, a Região Autónoma da Madeira 72,82, o Algarve 81,15 e, a Área Metropolitana de Lisboa, a região portuguesa mais bem classificada, obtém 101,16, ou seja, ligeiramente acima dos 100 que representam a média europeia.

PUBLICIDADE

Mas isso não acontece em todos parâmetros avaliados. A área metropolitana da capital portuguesa é, de acordo com o RCI, melhor que a média das regiões europeias na saúde, infraestruturas, educação básica, eficiência do mercado laboral, dimensão do mercado, sofisticação empresarial e inovação; mas está abaixo da média europeia em factores como instituições, estabilidade macroeconómica (aqui o valor é igual para todas as regiões do país), educação superior e prontidão tecnológica.

As de regiões do Algarve, do Centro e das Regiões Autónomas estão abaixo da média europeia em todos parâmetros, exceptuando os níveis de educação básica.

A região de Estocolmo, na Suécia é a mais competitiva, devido a dois valores centrais: saúde pública e transportes públicos.

O RCI e um Eurobarómetro sobre política regional ajudam as autoridades dos Estados-Membros responsáveis pela concepção dos futuros programas da política de coesão no período orçamental de 2021-2027 a avaliar a opinião pública, identificar os activos regionais e concentrar melhor os investimentos nas áreas onde são necessários.

Actualizado de três em três anos, o RCI permite às regiões monitorizar e avaliar o respectivo desenvolvimento numa perspectiva temporal e em comparação com outras regiões.