SAÚDE -

SAÚDE - -

Noventa alunos em quarentena nas residências da Universidade do Minho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Cerca de 90 estudantes da Universidade do Minho (UMinho) estão em quarentena profiláctica voluntária nas residências universitárias de Carlos Lloyd e Santa Tecla (blocos B e D), em Braga. Foi suspensa a licenciatura em Música, no edifício dos Congregados, e a Associação Académica analisa o cancelamento de actividades e o encerramento temporário do Bar Académico.

“Não fechámos as residências, mas aconselhamos a quarentena profiláctica, ficando os alunos confinados aos seus quartos e com uma redução muito severa de contactos”, afirmou esta segunda-feira de manhã o reitor.

Vieira de Castro adiantou que os testes aos funcionários da universidade minhoto deram negativo ao novo coronavírus, resultado igual ao do aluno da residência universitária Carlos Lloyd e que este este domingo foi transportado para o Hospital de Braga.

PUBLICIDADE

A instituição está a assegurar todos os cuidados de saúde, higiene e alimentação para os estudantes que optaram por permanecer nas residências universitárias.

A actividade lectiva no campus de Gualtar está suspensa pelos menos durante os próximos quinze dias, ao contrário do que acontece no campus de Azurém, em Guimarães, a situação pode ser alterada a todo o momento.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS