AUTÁRQUICAS

AUTÁRQUICAS -

Nuno Guerra (CDU) reconhece que resultado obtido nas autárquicas «não foi positivo»

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Nuno Guerra, candidato da CDU em Vila Verde nas eleições autárquicas que decorreram este domingo, 26 de Setembro, assumiu esta terça-feira que o resultado alcançado «não foi positivo». Em declarações ao Jornal “OVilaverdense”, o comunista assume que a «perda de um elemento na Assembleia Municipal» e também de «alguns votos» não eram os resultados pretendidos.

Segundo Nuno Guerra, a «entrada de dois novos partidos» na disputa pela autarquia vilaverdense, ao caso BE e Chega, foi um dos factores que contribuiu para a descida, pois. conforme refere, «dividiu mais eleitorado» na hora de deixar o voto na urna.

Nuno Guerra disse ainda que o “caminho percorrido” até às eleições foi feito com «honra, de forma justa e real», através de uma campanha «sem populismo».

PUBLICIDADE

«Não desistimos e continuaremos a lutar e a estar ao lado dos vilaverdenses», atirou.

RESULTADOS

De relembrar que a CDU conseguiu 562 votos na eleição para a Câmara Municipal, o que representa 2,09% dos votos, 554 votos para a Assembleia Municipal, equivalente a 2,06%, e um total de 369 votos nas Assembleias de Freguesia, ou seja, 1,40%.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.