OPINIÃO - Obras mal planeadas: águas do rio Homem castanhas e caos no trânsito!

OPINIÃO -
Obras mal planeadas: águas do rio Homem castanhas e caos no trânsito!

Ao entrarmos no mês de Agosto fomos surpreendidos com obras que afectam a qualidade de vida dos Vilaverdenses.

Isto logo no mês de Agosto, em que a maioria da população goza as suas merecidas férias e quando mais emigrantes regressam às suas terras.

Será que estas obras tinham que ser feitas nesta altura?

PUBLICIDADE

São duas as consequências: por um lado, as águas do rio Homem apresentam uma cor acastanhada como raramente se viu e, por outro, o trânsito transformou-se, mais do que nunca, num calvário.

Foquemo-nos primeiro nas águas do rio Homem. Do nada, o leito do rio apareceu todo castanho, o que tem impossibilitado a sua utilização por milhares de pessoas.

Para alguns, o rio é um sítio que pouco diz. Porém, para muitas pessoas o rio Homem é o local onde passam as suas férias e aí tentam retemperar as suas energias depois de um ano de intenso trabalho. E é, também, factor de actividade económica para outros.

Procuradas explicações para a situação, a população foi informada que isto se devia à movimentação de terras para a execução de uma passagem de colectores de saneamento.

Muitos têm duvidado da explicação. No entanto, eu acredito que seja mesmo apenas uma movimentação de terras com esse fim.

Ora, partindo do pressuposto que assim é, a pergunta que se impõe é a seguinte:

Será que esta movimentação de terras não poderia ser feita, por exemplo, em Setembro ou Outubro?

É óbvio que sim!

A execução destas obras, que afectaram fortemente a qualidade das águas do rio Homem em Agosto, é de difícil entendimento e parece indiciar uma indiferença dos responsáveis relativamente às necessidades e ao bem-estar da população. Isto já para não referir o prejuízo para a imagem turística do concelho.

Não é compreensível que, numa boa parte deste mês, a população não possa usufruir de um dos principais recursos de que dispomos, apenas por mau planeamento das obras.

Quanto ao trânsito, é um facto inegável que em Vila Verde é caótico. Provavelmente o pior da região.

Se durante o ano circular nas nossas estradas é um calvário (por razões estruturais que não abordarei aqui), tendencialmente a situação agrava-se no mês de Agosto já que aumenta significativamente o número de automóveis em circulação.

Se assim é, por que razão se decide fazer obras em certas estradas em Agosto?

Será que esta é a melhor altura do ano para o fazer?

Creio que a resposta também é óbvia: não, este não é o melhor mês para estas obras!

Estes dois exemplos ficam como alerta para que no futuro os responsáveis tenham mais atenção ao momento, tempo e modo de execução das obras.

Em qualquer país civilizado as obras são sempre feitas de forma a causar o mínimo transtorno possível à população. E quando começadas são concluídas rapidamente.