FINANÇAS –

FINANÇAS – -

OE prevê transferência de mais de 14 milhões para o Município de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A proposta de Orçamento de Estado (OE) para 2019 prevê que para o Município de Vila Verde seja transferida uma verba de 14 milhões e 276 mil euros (14 276 909€), mais de um milhão do que em 2018. No caso das freguesias vilaverdenses, é a União das Freguesias da Ribeira do Neiva a ficar com a maior fatia do bolo (210 672€).

Seguem-se a União das Freguesias do Vade (133 750€) e a União de Freguesias de Sande, Vilarinho, Barros e Gomide (114 628€) no “top 3” de freguesias com mais verba.

PUBLICIDADE

A Vila de Prado, com 58 384€, é a primeira freguesia a surgir sem estar integrada numa união.

A informação consta no mapa de transferências para os Municípios publicada na página da Direcção-Geral do Orçamento, onde se pode consultar a versão completa da proposta de Orçamento do Estado para 2019.

No total, o distrito de Braga deverá receber mais de 185 milhões de euros (185 141 459€), depois de em 2018 se ter ficado pelos 173, ou seja, mais cerca de 11 milhões de euros. Barcelos é o Município com mais verba alocada (27 580 641€), seguido por Guimarães (27 445 032€) e Braga (22 930 641€).

A proposta do Governo estabelece uma subvenção geral de 1,989 mil milhões de euros relativos ao Fundo de Equilíbrio Financeiro (FEF), 163,3 milhões do Fundo Social Municipal (FSM) e 493,7 milhões da participação variável no IRS (Imposto sobre Rendimentos de Singulares).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.