DESPORTO -

DESPORTO - -

Oito atletas da UMinho convocados para as Universíadas

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Universidade do Minho (UMinho) estará representada por oito estudantes atletas nas Universíadas (Jogos Olímpicos Universitários), que este ano terão lugar em Nápoles, Itália, entre os dias 3 e 14 de Julho. A academia minhota vai estar representada nas modalidades de Atletismo, Basquetebol, Natação, Taekwondo e Voleibol, com um total de oito atletas.

UNIVERSÍADAS

As Universíadas são o segundo maior evento multidesportivo do mundo, sendo apenas superadas pelos Jogos Olímpicos. Realizadas de dois em dois anos, são vulgarmente conhecidas como os “Jogos Olímpicos Universitários” e foram o “trampolim” para alguns dos nomes mais sonantes do desporto nacional. Alexandre Yokoshi (Natação), Pedro Soares (Judo), Jéssica Augusto (Atletismo), Nélson Évora (Atletismo) e Fernando Pimenta (Canoagem) participaram neste grandioso evento e conquistaram o ouro para Portugal, tal como a Selecção Nacional Universitária de Andebol, em 2015, numa equipa que contava com seis atletas que estudavam na UMinho. Jéssica Augusto era estudante de Enfermagem da UMinho quando quebrou o recorde mundial universitário dos 10 000 metros, em 2007, na Tailândia.

PUBLICIDADE

CONVOCADOS

Para as Universíadas de 2019, a Federação Académica do Desporto Universitário (FADU) convocou oito atletas minhotos: Mariana Machado (Atletismo, estudante do Mestrado Integrado em Medicina), Bárbara Miranda (Basquetebol, estudante da Licenciatura em Gestão) José Paulo Lopes (Natação, estudante do Mestrado Integrado em Engenharia e Gestão Industrial), Joana Cunha (Taekwondo, estudante do Mestrado em Engenharia Industrial), Júlio Ferreira (Taekwondo, estudante do Mestrado Integrado em Arquitectura), Sofia Cruz (Taekwondo, estudante da Licenciatura em Design e Marketing de Moda), Bruno Cunha (Voleibol, estudante do Mestrado Integrado em Engenharia Mecânica) e Miguel Cunha (Voleibol, estudante do Mestrado em Biologia Molecular, Biotecnologia e Bioempreendedorismo em Plantas).

Para Joana Cunha, uma veterana nestas andanças (esta será a sua terceira participação na Universíada), o objectivo é o pódio. «A preparação está a correr muito bem, temos estado a corrigir os erros verificados nas últimas competições e a melhorar outros aspectos técnico-tácticos».

Em tom de despedida, tendo em conta que estas serão as últimas Universíadas em que participa, a atleta deixou um desejo: «Gostava muito de terminar este ciclo da mesma forma que comecei, portanto, vou dar o meu melhor para ver se consigo atingir um lugar do pódio». Joana foi medalha de prata na sua primeira participação, em 2015, em Gwangju (Coreia do Sul).

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS