REGIÃO

REGIÃO -

Pais bloqueiam entrada de escola primária com troncos em Barcelos

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Os pais dos alunos da EB1 de Bárrio, em Roriz, Barcelos, bloquearam esta quinta-feira a entrada da escola com troncos de madeira, numa manhã em que as crianças do ensino básico regressam às aulas.

Os encarregados de educação exigem o fim das turmas mistas, ou seja, alunos do 1.º e 2.º anos juntos, e mais rigor no cumprimento das medidas de distanciamento físico.

Foram colocados troncos de grande porte à entrada da escola, troncos esses que impediam o acesso às instalações, e várias tarjas onde se podia ler ‘Porquê duas crianças a partilhar a mesma mesa quando temos uma sala vazia?’.

PUBLICIDADE

Os troncos foram retirados pela Câmara Municipal, Junta de Freguesia de Roriz e Protecção Civil, uma vez que os troncos, devido ao seu peso, só puderam ser removidos com o auxílio de maquinaria.

Os pais e encarregados de educação que se encontravam no local foram identificados pela GNR e a ocorrência vai ser comunicada ao Ministério Público, avançou a TVI.

Nenhuma criança entrou na escola para o início das aulas, apesar de já não haver impedimento.

“Este ano, para surpresa dos pais, decidiram juntar o primeiro e segundo ano anos numa turma só e fechar uma sala. Sendo que temos uma sala vazia e uma sala com 22 meninos a partilhar dois a mesma mesa, com uma fita vermelha a separá-los. Como é que eu explico a uma criança de seis anos que tem que manter o distanciamento social, mas vai ter de estar sentado a 30 centímetros do colega”, questionou à TVI uma encarregada de educação.

Ainda à TVI, fonte da autarquia explicou que a Direcção-Geral de Estabelecimentos Escolares (DGEstE) – Direcção de Serviços da Região Norte foi “sensibilizada em devido tempo” para esta questão das turmas mistas, uma vez que a homologação das turmas é da sua competência, mas que a resposta foi negativa.

“A constituição das turmas cumpriu o disposto no despacho normativo (…). Face ao que antecede, por decisão superior, não será considerada a constituição de nova turma na Escola de Bárrio, Roriz, Barcelos”, respondeu a DGEstE.

 

Foto: Barcelos Popular

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS