VILA VERDE

VILA VERDE -

Parque Industrial de Gême vai ser ampliado

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara Municipal de Vila Verde viu aprovada a candidatura ao programa Norte 2020 para ampliação do Parque Industrial de Gême. Enquadrado no âmbito das candidaturas de operações para criação e ampliação de áreas de acolhimento empresarial, o projecto apresentado pelo Município de Vila Verde contempla uma «área a infraestruturar de 30 201m2 e vem acrescentar um importante valor ao Parque Industrial de Gême criando a possibilidade de instalação de novos projetos empresariais».

INTERVENÇÃO

A intervenção prevista vai «viabilizar a ligação e continuação da malha viária existente, estando previstos 8 novos lotes que ocuparão uma área de 24 345m2». Ao nível do parcelamento do território, o Município, neste projecto de ampliação, optou pela «criação de lotes de maiores dimensões capazes de cativar e acomodar empresas de superior dimensão, indo ao encontro da crescente procura de mercado».

PUBLICIDADE

FINANCIAMENTO

A atribuição de um co-financiamento FEDER não reembolsável, representa um «muito significativo apoio a um projecto que vai alavancar a instalação de empresas a norte do concelho gerando mais atractividade o que constituirá um factor fundamental para impulsionar o crescimento económico, com consequente criação de mais riqueza e a criação de emprego».

«CATALISAR A ECONOMIA CONCELHIA»

Para o Presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, “o Município de Vila Verde, que nos últimos anos atraiu projectos e investimentos empresariais sem precedentes, vê, com a aprovação desta candidatura reforçada a sua capacidade para acolher empresas de maiores dimensões que irão criar um número significativo de postos de trabalhos e catalisar a economia concelhia».

Realça, ainda, que «a zona Norte do concelho está a ser alvo de uma transformação com a instalação de grandes projectos empresariais» e que «o município – para colmatar as dificuldades com as acessibilidade que estão fortemente condicionadas pelo congestionamento de trânsito na E.N. 101 e pelo atravessamento da Sede do Concelho – se encontra a desenvolver alternativas que promovam uma melhor mobilidade entre as quais se destacam a reabilitação de que estão a ser alvo Vias Municipais e a construção de uma alternativa nascente, eixo  Norte – Sul que já se encontra iniciado».

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS