VILA VERDE

VILA VERDE -

Passe de autocarro em Vila Verde custará no máximo 20 euros

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Vila Verde aprovou, em reunião de executivo, uma proposta de apoio à redução tarifária para os transportes públicos.

A proposta prevê a diminuição do valor de todos os passes sociais dos transportes rodoviários, com origem na área do Município e com destino nos concelhos pertencentes aos distritos de Braga e Viana do Castelo, para um limite máximo de 20 euros.

PUBLICIDADE

«Espera-se, com estas medidas, promover o uso dos transportes públicos em detrimento do transporte individual e, simultaneamente, garantir uma maior acessibilidade económica ao transporte público, com nítidos reflexos no apoio à diminuição das despesas familiares relacionadas com a rúbrica dos transportes», refere a autarquia.

Para além disso, «pretende-se ainda combater os prejuízos ambientais ligados à emissão de gases com efeito de estufa, bem como as externalidades negativas associadas à mobilidade, nomeadamente, o congestionamento do tráfego automóvel, a poluição atmosférica e o ruído».

Em comunicado, o Município explica que qualquer residente que faça uma deslocação com origem no concelho de Vila Verde com destino nos concelhos pertencentes aos distritos de Braga e Viana do Castelo tem direito a um passe com um limite mensal máximo de vinte euros por mês.

Os passes escolares passarão a ser gratuitos também no Ensino Secundário leccionado em Vila Verde, atingindo, assim, a gratuitidade em todos os níveis de ensino.

No caso de alunos que frequentem o ensino universitário e que usufruam de bolsa universitária, os passes também passam a ser totalmente gratuitos.

Os alunos que frequentem o ensino universitário, mas não usufruam de bolsa universitária, passam a pagar no máximo 20 euros por mês

COMO ADERIR

No caso dos estudantes, quem já dispõe de passe, deve deslocar-se aos serviços da Câmara Municipal de Vila Verde com o respectivo comprovativo de matrícula, de bolsa de estudo e residência, de forma a começar a usufruir do passe gratuito já a partir do próximo mês de Maio.

Aqueles que não têm passe, ou que tenham mas não sejam abrangidos pela bolsa de estudo universitária, necessitam de se dirigir à Câmara Municipal de Vila Verde para solicitar o requerimento, com o respectivo comprovativo de matrícula e residência, de forma a começar a usufruir da nova tarifa com a maior brevidade.

Relativamente à restante população, todos os residentes que pretendam usufruir da nova tarifa de transporte público devem deslocar-se aos serviços da Câmara Municipal de Vila Verde com o respectivo comprovativo de residência.

«Esta medida está enquadrada nos objetivos do Programa de Apoio à Redução do Tarifário dos Transportes Públicos (PART) de fomento dos transportes colectivos e de garantia de uma maior acessibilidade económica ao transporte público, concorrendo, assim, para uma maior qualidade ambiental e para reduzir as despesas familiares neste capítulo», frisa a Câmara.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS