VILA VERDE

VILA VERDE -

Plano Local para Protecção de Crianças e Jovens avança em Vila Verde

Vila Verde vai passar a dispor de um Plano Local de Protecção de Crianças e Jovens, intitulado “VAI” (Vamos Apostar na Infância).

Para a sua elaboração – e baseando-se no Projecto de âmbito nacional “Adélia” – o Plano contou com a participação de crianças, jovens, famílias e várias entidades, sendo uma iniciativa da CPCJ (Comissão de Proteção de Crianças e Jovens) de Vila Verde. O Plano – delineado para os próximos quatro anos (até 2025) – cumpre uma série de estratégias que passaram pela recolha de indicadores quantitativos, questionários a crianças, jovens, famílias e também entidades, sessões de auscultação nas escolas e sessões on-line com as famílias.

«PONTO DE PARTIDA PARA UMA SOCIEDADE QUE ASSUME A POTENCIA A SUA CIDADANIA»

Segundo a Presidente da CPCJ de Vila Verde, Beatriz Santos, este será o «ponto de partida para uma sociedade que assume e potencia a sua cidadania, apostando na infância de forma concertada».

«PASSOS SIGNIFICATIVOS NA PROMOÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS»

Já a Vereadora da Educação, Cultura e Acção Social do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, destacou a importância do trabalho em parceria e do que tem sido desenvolvido até então, notando que este vai permitir dar «passos significativos na promoção dos direitos das crianças».

PROVEDOR PARA A PROTECÇÃO DOS DIREITOS DAS CRIANÇAS E DAS FAMÍLIAS

Da várias propostas apresentadas, enfoque para a criação da figura do Provedor para a Proteção dos Direitos da Crianças e das Famílias ou de um gabinete municipal para a promoção dos direitos das crianças e ainda o objectivo de «garantir (até 2025) que pelo menos 30 crianças e jovens como menos de 18 anos, actualmente a residir em barracas, passem a residir em habitações com condições dignas com a sua família».

Ao longo da sessão foram ouvidas diversas intervenções que explanaram os métodos, acções e consequente aplicação no terreno.

O arranque foi dado com um momento musical protagonizado por duas alunas da Academia de Música de Vila Verde.

Partilhe este artigo no Facebook
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

PUBLICIDADE