VILA VERDE

VILA VERDE -

Plano Municipal de Trilhos já está em marcha

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Foi apresentado na manhã desta quarta-feria, no Salão Nobre dos Paços do Concelho de Vila Verde, o Plano Municipal de Trilhos, destinado a «explorar e valorizar as potencialidades naturais e turísticas de território concelhio». Ao todo, são nove os percursos, seis deles adjacentes aos rios e ribeiras que banham o Concelho. Para os projectos em execução – que envolvem trilhos rurais, ecovias e mobilidade urbana – foram já investidos pelo Município 3,2 milhões de euros, sendo que 85% deste valor resulta de fundos comunitários.

INTERVENÇÃO

Quanto à intervenção, está prevista a implementação de corredores pedonais e/ou cicláveis e a integração destas infra-estruturas verdes com os percursos pedonais de montanha já existentes, assim como com itinerários equestres, de BTT e Enduro, com o objectivo de «criar uma rede integrada, devidamente enquadrada e, assim, ajustada à realidade do território concelhio».

PUBLICIDADE

Este Plano vem por isso «potenciar a valorização e qualificação do espaço rural», conciliando a reabilitação de caminhos antigos de floresta, de montanha e das proximidades das zonas ribeirinhas com corredores mais urbanos, nomeadamente ciclovias e passadiços.

PERCURSOS

Os percursos já se encontram definidos e após concluídos permitirão ligar o Concelho em toda a sua extensão. O arranque foi já dado com a requalificação, criação de pontos  de lazer, colocação de sinalética e limpeza de três percursos já existentes, os “Trilhos da Nóbrega”.

“ABOIM, FOJO DO LOBO E MIXÕES DA SERRA”

Com ligação entre si, os trilhos de Aboim, do Fojo do Lobo e de Mixões da Serra, perfazem um total de aproximadamente 40 quilómetros e funcionam como ponto de partida para a criação de mais seis percursos que irão acompanhar os cursos de água Febro, Tojal, Neiva, Ribeira das Cabras, Vade e Poriço.

LIGAÇÃO À ECOVIA DO CÁVADO-HOMEM

A rede de trilhos terá então ligação à Ecovia do Cávado-Homem e conforme sublinhou o presidente da Câmara Municipal de Vila Verde, António Vilela, o plano pretende, «promover uma maior equidade territorial, promover o turismo e criar novas oportunidades de negócio».

Mais desenvolvimentos na edição impressa de Novembro de 2020.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS