BRAGA

BRAGA -

Políticas de juventude são «determinantes» na construção das Cidades do futuro

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

As Capitais Europeias da Juventude marcam presença em Braga para assinalar os 10 anos desde que a Cidade acolheu este título, em 2012. Este encontro da Rede de Capitais Europeias de Juventude conta com a presença de especialistas internacionais da área da saúde e educação, representantes das Cidades, profissionais activos no desenvolvimento do ecossistema juvenil urbano e líderes de organizações de juventude europeias.

Esta sexta-feira, o presidente da Câmara Municipal de Braga participou na conferência ‘Cities.Youth.Future’ e destacou a «importância das políticas de juventude na construção das cidades do futuro». Ricardo Rio lembrou também os desafios com que os decisores políticos se deparam para o desenvolvimento de uma estratégia integrada, dando como exemplo as medidas implementadas em Braga.

«De forma transversal e em colaboração com os agentes locais, Braga tem procurado constantemente potenciar as respostas para os jovens nas mais diversas áreas, replicando ainda as boas práticas a nível internacional. Não é por acaso que Braga foi Capital Ibero-Americana da Juventude, esteve na linha da frente na criação da Rede de Capitais Europeias de Juventude, na introdução o Orçamento Participativo ‘Tu Decides!’, na reactivação do Conselho Municipal da Juventude, na realização dos Concursos Jovens Criadores e Jovens Talentos ou na implementação do projecto 100% Youth City», referiu o autarca durante a sessão de abertura, que decorreu no Museu de Arqueologia D. Diogo de Sousa e que contou também com a presença de Sameiro Araújo, vice-presidente da Câmara Municipal de Braga.

PUBLICIDADE

Esta conferência conta com três painéis de debates sobre ‘Saúde e Bem-Estar’, ‘Aprendizagem e Perspectivas’ e ‘Agenda e Participação’ dos jovens nas cidades europeias.

«A participação de Braga nesta Rede constitui um veículo muito importante na contínua divulgação internacional da actividade do Município nesta área. Este é um projecto que vem dar continuidade à aposta consistente de Braga na criação de condições mais favoráveis aos nossos jovens nas suas diversas formas de afirmação na sociedade, como o são a educação, qualificação, emprego, lazer, deporto, cultural ou participação cívica», acrescentou Ricardo Rio.

PRIMEIRA ASSEMBLEIA GERAL DA REDE DE CAPITAIS EUROPEIAS DE JUVENTUDE

Este organismo realizou ontem a sua primeira Assembleia Geral da Rede de Capitais Europeias de Juventude. Na sessão, Ricardo Rio destacou que «a partilha de experiências com outras cidades é fundamental para a implementação de políticas de juventude», lembrando que, nos últimos anos, Braga tem registado «uma forte participação internacional» em diversas organizações, que levam a novas parcerias com outras cidades, sejam elas capitais da juventude ou não.

A missão da Rede do Capitais Europeias da Juventude é desenvolver uma rede cooperativa e sustentável de cidades europeias que foram designadas como Capitais Europeias da Juventude pelo Fórum Europeu da Juventude, demonstrando solidariedade entre membros e parceiros e encorajando as cidades europeias a alinhar políticas de juventude.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.