PAÍS -

PAÍS - -

Portugueses na Venezuela devem ficar em casa; Governo já activou mecanismos de apoio

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Augusto Santos Silva adiantou que os cidadãos portugueses que vivem na Venezuela devem tomar “as medidas de segurança indispensáveis nestas ocasiões” e sublinhou que o Governo já pré-activou “os mecanismos de apoio à disposição”.

O ministro dos Negócios Estrangeiros (MNE) reagiu às movimentações militares que começaram esta terça-feira de manhã na Venezuela. Augusto Santos Silva está em contacto com o embaixador de Portugal na Venezuela que já determinou que os trabalhadores dos consulados e da embaixada devem ficar dentro de casa “visto que a insegurança é evidente”.

Augusto Santos Silva adiantou que os cidadãos portugueses que vivem na Venezuela devem tomar “as medidas de segurança indispensáveis nestas ocasiões” e sublinhou que o Governo já pré-activou “os mecanismos de apoio à disposição”.

PUBLICIDADE

Quanto aos desenvolvimentos políticos, o ministro dos Negócios Estrangeiros explica que mais importante nesta fase é “exortar todas as partes a encontrar uma solução política pacífica na Venezuela que possa permitir desbloquear o impasse que hoje se vive e que possa permitir ajudar a Venezuela a resolver a sua crise económica e humanitária tão profunda”.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS