VIII ENCONTRO DAS ROMARIAS DO MINHO - «Projecto de enorme potencial e uma aposta sustentada para o desenvolvimento»

VIII ENCONTRO DAS ROMARIAS DO MINHO -
«Projecto de enorme potencial e uma aposta sustentada para o desenvolvimento»

A Casa do Conhecimento de Vila Verde acolhe ao longo do dia de hoje o VIII Encontro das Romarias do Minho, organizado pelo Serviço de Acção Cultural do Município, em colaboração com o Centro em Rede de Investigação de Antropologia da Universidade do Minho. Na abertura do Encontro, a Vereadora da Cultura do Município de Vila Verde, Júlia Fernandes, afirmou que este é um «projecto de enorme potencial e uma aposta sustentada para o desenvolvimento».

Ao longo do dia, vários especialistas convidados irão expor algumas temáticas relacionadas com as “Romarias do Minho” e haverá, posteriormente, um debate e um momento dedicado a comentários e reflexões.

Presentes como oradores na iniciativa estão Rita Ribeiro, do CECS, Universidade do Minho, que abordará o tema “Bugiada e Mouriscada de Sobrado – Valongo”; Raúl Pereira, Investigador, com o tema “A Festa das Rosas, em Vila franca – Viana do Castelo; Catarina Pereira, Directora da Casa da Memória de Guimarães, com “A experiência do acompanhamento de vários projectos de inventariação” e ainda Jean-Yves Durand, da CRIA-Uminho, que fará uma exposição sobre “Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial: experiências, dúvidas, perplexidades e algumas sugestões”.

PUBLICIDADE

O Projecto “Romarias do Minho” é desenvolvido por vários municípios da região, em moldes de «colaboração informal», com a participação de Associações de Festeiros e Confrarias, com o objectivo comum de «inscrever algumas das mais representativas destas festividades no Inventário Nacional do Património Cultural Imaterial».