VAGA DE CALOR (prevenção) -

VAGA DE CALOR (prevenção) - -

Protecção Civil alerta para perigo elevado de incêndios florestais até quarta-feira

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Protecção Civil alerta a população para as condições meteorológicas adversas que, segundo O Instituto do Mar e da Atmosfera (IPMA), se vão sentir até à próxima quarta-feira, favoráveis para a ocorrência e propagação de incêndios rurais.

O alerta surge após o despacho do Ministério da Administração Interna (MAI) que declara ‘Situação de Alerta’ para o risco elevado de fogos florestais nos próximos dias.

PUBLICIDADE

Recorde-se que o IPMA prevê para o concelho temperaturas máximas com valores entre os 31-36ºC e temperaturas mínimas com valores de cerca de 19ºC, vento predominante do quadrante leste com intensidade moderada (até 30 km/h), soprando de noroeste no litoral oeste durante a tarde, sendo forte (até 50 km/h) de leste/nordeste nas terras altas e diminuição da humidade relativa do Ar a partir deste sábado, com valores entre 20 e 30%.

MEDIDAS PREVENTIVAS

Em comunicado, a Protecção Civil reforça e recorda as proibições, de acordo com despacho do MAI e restantes disposições legais em vigor:

  • Proibição total da utilização de fogo-de-artifício ou outros artefactos pirotécnicos, independentemente da sua forma de combustão, bem como a suspensão das autorizações que possam ter sido emitidas, enquanto vigorar a Situação de Alerta;
  • Proibição do acesso, circulação e permanência no interior dos espaços florestais, previamente definidos nos Planos Municipais de Defesa da Floresta Contra Incêndios (PMDFCI), bem como nos caminhos florestais, caminhos rurais e outras vias que os atravessem;
  • Proibição de realização de trabalhos nos espaços florestais, com excepção dos associados a situações de combate a incêndios rurais, com recurso a motorroçadoras de lâminas ou discos metálicos, corta-matos, destroça dores e máquinas com lâmina ou pá frontal;
  • Realização de queimadas, de fogueiras para recreio ou lazer, ou para confecção de alimentos;
  • Utilização de equipamentos de queima e de combustão destinados à iluminação ou à confecção de alimentos;
  • Queimar matos cortados e amontoados e qualquer tipo de sobrantes de exploração;
  • O lançamento de balões com mecha acesa ou qualquer outro tipo de foguetes;
  • Fumar ou fazer lume de qualquer tipo nos espaços florestais e vias que os circundem;
  • A fumigação ou desinfestação em apiários com fumigadores que não estejam equipados com dispositivos de retenção de faúlhas.

A Divisão Municipal de Protecção Civil recomenda a adequação dos comportamentos e atitudes face à situação de perigo de incêndio florestal, nomeadamente com a adopção das necessárias medidas de prevenção e precaução, observando as proibições em vigor e tomando especial atenção à evolução do perigo de incêndio para os próximos dias, disponível junto dos sítios da internet da ANPC, do IPMA e das Câmaras Municipais.

ovilaverdense@gmail.com

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS