BRAGA –  Protesto contra a falta de funcionários encerrou Secundária D. Maria II

BRAGA –
Protesto contra a falta de funcionários encerrou Secundária D. Maria II

Um protesto contra a falta de funcionários encerrou esta sexta-feira de manhã a Escola Secundária D. Maria II. Também a EB de Esporões encerrou as portas mas para reivindicar a requalificação do centro escolar.

A Secundária D. Maria II tem 14 assistentes operacionais para 1600 alunos, número que é considerado “insuficiente”, quer por pais, direcção da escola e sindicatos.

PUBLICIDADE

A direcção da escola considera a situação “extremamente preocupante”. Entre as principais preocupações da ausência de funcionários estão a falta de segurança e higiene.

O director da Escola, João Dantas, aponta que a “situação é extremamente preocupante”. “Temos recreios por limpar, há salas que são limpas dia sim, dia não, e temos corredores onde não há funcionários”, afirma em declarações à RUM.

“Para o número de alunos que a Escola D. Maria II tem são precisos, no mínimo dos mínimos, 27 funcionários”, defende Orlando Gonçalves, coordenador Norte do sindicato da Função Pública, acrescentando que há muitos assistentes operacionais “na casa dos 60” que “estão a fazer o dobro do trabalho que deviam”. “A qualidade fica comprometida”, assegura.

PAIS FECHAM BÁSICA DE ESPORÕES

Também os pais dos alunos da Escola Básica de Esporões protestaram esta sexta-feira contra os sucessivos atrasos nas obras de requalificação do centro escolar.

Cerca de 60 estudantes estão há dois anos a ter aulas em contentores, com condições que pioram com a chegada da chuva.