BRAGA

BRAGA -

PSP identifica activistas contra abate de árvores em Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Um protesto silencioso contra o abate de árvores na ciclovia entre a avenida dos Lusíadas e a rotunda da Universidade do Minho, reuniu este sábado cerca de duas dezenas de pessoas em Braga.

Quatro dos activistas ambientais que se juntaram na avenida dos Lusíadas, onde cerca de uma dezena árvores foram abatidas para a construção da ciclovia da Encosta, foram identificadas por agentes da PSP, logo no início do protesto.

PUBLICIDADE

A ciclovia da Variante da Encosta, que liga a Avenida D. João II, nas proximidades da Universidade, até Lamaçães, pela avenida dos Lusíadas, tem gerado muita polémica, opondo a Câmara a grupos ambientalistas, nomeadamente a Quercus Braga, e a Braga Ciclável, que não vê razão para o abate de árvores para a realização da empreitada.

A autarquia assegura que não teve outra solução senão o abate de dez árvores neste primeiro troço da obra de requalificação da ciclovia, garantindo, contudo, mas garante que vai plantar outras tantas espécies, após o término da intervenção.

Uma petição online contra o abate de árvores contou com quase 2250 subscritores.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS