REGIÃO –

REGIÃO – -

Quatro anos a Curtir Ciência em Guimarães

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Ao fim de quatro anos, o Curtir Ciência – Centro Ciência Viva de Guimarães dedicado à promoção da ciência e do conhecimento, instalado na Antiga Fábrica de Curtumes Âncora, considera que “tem cumprido a sua missão de divulgador da ciência junto da comunidade escolar e do público em geral, seguindo o princípio de que a ciência ajuda a formar melhores cidadãos”.

“A adesão prova que existe da parte do público apetência por estes espaços apostados em promover a ciência e a tecnologia. Ao longo de quatro anos o Centro Ciência Viva de Guimarães registou mais de 110 mil visitas. Não são tudo, os números, mas contam muito. E representam uma base sólida para o futuro e para concretizar o projecto do novo edifício – Curtir Inovação – a implantar nos terrenos adjacentes ao actual espaço, na zona de Couros, estabelecendo uma ligação arquitectónica com o Instituto de Design de Guimarães”, afirma o director executivo, Sérgio Silva, citado pela Rádio Fundação.

PUBLICIDADE

O ‘Curtir Ciência no Natal’ decorre até 4 de Janeiro (excepto domingos, dias 24, 25 e 31 de Dezembro e 1 de Janeiro) e inclui várias oficinas para públicos de todas as idades. A pensar nas famílias (crianças com adultos), o Curtir Ciência, projecto da autarquia, Universidade do Minho e Ciência Viva, preparou a ‘Oficina dos Duendes’, um espaço onde é possível participar, em simultâneo, em três actividades: ‘Globos de Neve’, ‘Impressão 3D Natal’ e ‘Brinquedos Voadores Natalícios’.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.