ÚLTIMA HORA – Quatro anos de prisão para dois homens que tinham estufa de canábis na Ribeira do Neiva

ÚLTIMA HORA –
Quatro anos de prisão para dois homens que tinham estufa de canábis na Ribeira do Neiva

O Tribunal de Braga condenou esta segunda-feira a quatro anos e 10 meses de prisão, com pena suspensa, dois homens que, em Outubro de 2017, foram apanhados pela GNR em Vila Verde numa estufa, na zona da Ribeira do Neiva, com 220 plantas de cannabis em estado de maturação. O outro arguido, o mais novo dos três, foi absolvido.

Na ocasião, o Comando Territorial da GNR de Braga, através do Núcleo de Investigação Criminal, deteve, no dia 18 de outubro,  no concelho de Vila Verde, os três suspeitos.

A operação foi efcetuada depois de os militares terem recebido a informação da existência de uma estufa num local ermo, onde se veio a confirmar a existência das plantas.

PUBLICIDADE

Foram então encetadas diligências no sentido de identificar os suspeitos, o que veio a acontecer, tendo os mesmos sido detidos junto à plantação.

No decurso da investigação foram efectuadas duas buscas domiciliárias, onde foram apreendidos 195 plantas de cannabis, uma carabina, várias munições calibre .22, um sistema de secagem das plantas: um gerador elétrico e um extrator de fumos, vários objetos utilizados no cultivo de estupefacientes.