BRAGA -

BRAGA - -

Reitor promete colaborar com a PJ na investigação por suspeita de peculato

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Reitoria da Universidade do Minho vai “empenhar-se em apoiar o trabalho das autoridades de investigação e inspecção em torno dos Serviços de Acção Social, comprometida que está com a legalidade dos procedimentos administrativos e financeiros”.

Em comunicado, o Reitor, Rui Vieira de Castro, confirmou que os Serviços de Acção Social da Universidade foram objecto, quinta-feira, de uma busca conduzida pelo Ministério Público, que envolveu uma brigada da Polícia Judiciária.

“Em resultado desta busca foram apreendidos equipamentos informáticos e documentação diversa”, refere, salientando que os Serviços de Acção Social e a Universidade prestaram toda a colaboração que lhes foi solicitada pelas autoridades.

PUBLICIDADE

E acrescenta: “A Universidade aguarda os resultados das diligências que estão a ser conduzidas pelas autoridades judiciais e deles retirará as consequências que se imponham, defendendo intransigentemente o primado da lei”.

A PJ esteve quinta-feira nos Serviços no pólo de Gualtar, no quadro de uma investigação judicial por suspeitas de peculato.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS