BRAGARicardo Rio destaca desenvolvimento económico de Braga no Norte 2020

BRAGA
Ricardo Rio destaca desenvolvimento económico de Braga no Norte 2020

Ricardo Rio destacou, esta quarta-feira, no evento anual do Norte 2020, que decorreu em Braga, a “importância de serem criadas condições para que os agentes de desenvolvimento possam colocar o conhecimento produzido nas universidades e nos centros de investigação ao serviço do desenvolvimento empresarial”.

“Como exemplo dessa colaboração, só nos últimos quatro anos, Braga viu reduzida em cerca de 50% o nível de desemprego com a criação de mais de oito mil postos de trabalho líquidos. As exportações subiram para 1,5 mil milhões de euros, conduzindo Braga ao sétimo lugar dos concelhos mais exportadores do país, mesmo sem contar com os 500 milhões de euros que a APTIV (ex-Delphi) exporta a partir do concelho, mas que formalmente estão imputados a Lisboa”, referiu o presidente da Câmara, na sessão que contou com a presença do secretário de Estado do Desenvolvimento e Coesão, Nelson de Souza.

O caminho que Braga tem percorrido, com os seus produtos e serviços a serem exportados para o resto do Mundo, “fez com que o concelho representasse cerca de 3,7% das exportações nacionais com um saldo da balança comercial local de quase 400 milhões de euros, o que representa um crescimento de cerca de 40% nestes últimos quarto anos”, adiantou Rio, sustentando que estes números só são possíveis “tendo por base não só a capacidade de incentivar a investigação e a inovação, mas, também, a criação de condições para o desenvolvimento do território, tornando-o cada vez mais atractivo”.

PUBLICIDADE

A captação de talento, a competitividade das empresas e a qualidade de vida que os territórios propiciam, foram outros dados destacados pelo autarca. “Não estamos apenas a competir num quadro regional ou nacional. Actualmente queremos ser um destino preferencial para população com massa crítica com qualificações à escala global, e isso exige um encaminhamento do financiamento comunitário por parte das autoridades públicas, para projectos que fomentem o investimento territorial, a qualidade de vida, a infra-estruturação dos territórios”, concluiu Ricardo Rio, dando nota da satisfação pelo acordo recentemente alcançado entre a Região Norte e o Governo para que, no âmbito da reprogramação dos fundos comunitários, “fossem acauteladas dimensões como o fomento da competitividade da Região, o estímulo à ciência e a qualificação das infra-estruturas do território”.

O evento, promovido pela CCDR-N, entidade gestora do Programa Operacional Regional do Norte 2014/2020, serviu ainda de apresentação do balanço intercalar do programa comunitário e para reflectir sobre o estado e a evolução em curso da especialização internacional na região.

O Norte 2020 é um instrumento financeiro com uma dotação de 3,4 mil milhões de euros de apoio ao desenvolvimento regional do Norte de Portugal e está integrado no acordo de parceria Portugal 2020.

Subscrição ao jornal - Papel
 
NIB: XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
IBAN: XXXX XXXX XXXX XXXXXXXXXXX XX
SWIFT/BIC: XXXXXXXX

close-link