BRAGA

BRAGA -

Rio nega que obras no Parque da Cidade sejam para comício e aponta dedo ao PS, “versão B do Chega”

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

A Câmara de Braga nega qualquer relação entre os trabalhos a decorrer no Parque Norte da Cidade, em Real, e o comício da coligação Juntos por Braga – que lidera a autarquia – agendado para esta quinta-feira, com a participação da banda D.A.M.A.. Ricardo Rio acusa a campanha do PS que compara a uma “versão B do Chega”.  Jenny Santos, do partido de André Ventura, também já reagiu.

Em causa está uma publicação no Facebook de um assessor da candidatura de Hugo Pires, candidato socialista à Câmara, que além da fotografia de obras no local, inclui um vídeo onde são visíveis viaturas com o logótipo do município em trabalhos no local.

PUBLICIDADE

Em esclarecimento enviado à comunicação social, o município presidido pelo social-democrata Ricardo Rio, da coligação PSD/CDS/PPM/Aliança, reagiu afirmando que aqueles trabalhos cujas imagens ilustram post no Facebook de João Paulo Mesquita, associando-os à realização do comício da candidatura, dizem respeito ao projecto de requalificação do Parque.

“DISPARATE”

A autarquia não perdeu tempo e acusou os “autores das publicações” de “tentativa de manipulação de imagens divulgadas nas redes sociais”, referindo que aqueles trabalhos em curso começaram “há várias semanas”.

Já em declarações à Rádio Universitária do Minho (RUM), Ricardo Rio sugere que a campanha socialista é uma “versão B do Chega”.

Rio diz que a associação entre a obra em curso e o comício da Juntos por Braga “é completamente disparatada”, reafirmando  a limpeza do terreno do Parque “já tinha sido feita há vários dias, numa altura em que o comício nem sequer estava marcado”

“É mais uma das campanhas negras que a versão B do Chega tem desenvolvido durante esta campanha”, afirma aos microfones da RUM.

Eugénia Santos, n.º 1 do Chega à Câmara, não perdeu tempo em responder.

“Volto a repetir que NÃO HÁ COLIGAÇÃO!!!”, escreve no Facebook, e, dirigindo-se a Ricardo Rio, remata: “Não precisa de estar sempre a falar em nós!!!”.

“POUCO SÉRIO”

No esclarecimento autarquia lê-se que o projecto da intervenção, “que se enquadra a valorização dos respectivos espaços verdes”, foi elaborado “há vários meses pelos serviços municipais” e apresentando “anteriormente”, à Junta da União de Freguesias de Real, Dume e Semelhe e aos moradores, em sessão pública no passado dia 6 de Junho, na sede da Junta.

Nessa ocasião, foi assumido pelos responsáveis municipais que a concretização do mesmo teria lugar a muito breve trecho, como veio efectivamente a verificar-se”, realça o comunicado, acrescentando que os trabalhos “iniciaram-se já há várias semanas, de acordo com o planeamento efectuado pelos serviços municipais”.

A Câmara sublinha que “é totalmente alheia à escolha deste local para acções de campanha ou à organização de qualquer evento político”, como “já ocorreu em menor escala por parte de várias candidaturas, cabendo-lhe apenas nestas circunstâncias e tal como tem sucedido em diversos outros locais, registar a ocupação do espaço público e informar as forças de segurança”.

“A esta luz, é não só infundado, como pouco sério procurar fazer qualquer aproveitamento político dos trabalhos municipais em curso”, remata.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS