MAU TEMPO –

MAU TEMPO – -

Rios Minho e Lima galgam margens e provocam inundações

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O rio Minho galgou esta terça-feira as margens em Monção, inundando o rés-do-chão do edifício do antigo balneário termal, o que levou a Câmara a proibir o acesso automóvel aos parques das Caldas e da Lodeira, informou fonte municipal. Também em Ponte de Lima registaram-se inundações.

Contactada pela agência Lusa, fonte daquela autarquia do distrito de Viana do Castelo explicou que “a subida do nível das águas do rio Minho, causada pela chuva dos últimos dias e pelas descargas da barragem de Frieira, em Espanha, inundou o parque das Caldas, atingindo o rés-do-chão do antigo balneário termal, um edifício municipal desactivado há vários anos”.

Aquela fonte acrescentou que, face “à previsão de aumento da pluviosidade para os próximos dias, o acesso automóvel ao parque das Caldas e ao parque da Lodeira está proibido por tempo indeterminado, enquanto as condições climatéricas continuaram adversas”.

PUBLICIDADE

A mesma fonte referiu que a decisão foi tomada esta terça-feira, cerca das 09h00, pelo presidente da Câmara, António Barbosa, que é também o responsável pelo serviço municipal de protecção civil.

O autarca social-democrata deslocou-se às zonas mais sensíveis do concelho para decidir medidas de prevenção face às previsões meteorológicas para os próximos dias”.

Em Ponte de Lima, o comandante dos bombeiros voluntários, contactado pela Lusa, disse esta terça-feira que as águas do Lima, “inundam parte do areal” junto ao rio, uma área utilizada para estacionamento gratuito de dezenas de viaturas e para a feira semanal.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.