PAÍS –
Rui Rio deixa o plenário em protesto…contra a sua própria bancada

O líder do PSD, e líder parlamentar da sua bancada, deixou o primeiro debate quinzenal na AR após o decretar do estado de emergência, em protesto pelo facto de ali estarem sentados mais deputados do que tinha ficado combinado.

O PSD tinha aceite na conferência de líderes que só teria 18 deputados na bancada e estão 36. “Saio para dar o exemplo”, disse Rui Rio – levantando-se e saindo.

PUBLICIDADE

A decisão de Rio  ocorreu depois de o deputado social-democrata Ricardo Batista Leite ter protestado pelo facto de estar reunido o plenário, quando o debate se podia fazer numa Comissão Permanente (versão reduzida do plenário).

Na sequência da crítica, Ferro Rodrigues recordou que a decisão de manter o plenário foi aprovada na conferência de líderes “por ampla maioria”. “Temos de dar o exemplo, pela prevenção e pelo exemplo”, disse Ferro.

E foi precisamente o presidente da AR quem recordou ao PSD que o que ficou combinado é que no debate só estariam 18 deputados do partido, mas afinal estavam 36.

Na sequência desta intervenção, Rui Rio pediu a palavra, para dar razão, em simultâneo, ao seu deputado e ao presidente da AR, abandonando depois a sala.

“O PSD tem um conjunto de deputados que estão aqui e não deviam estar. Eu vou ser o primeiro a sair para dar o exemplo”, afirmou.