REGIÃO

REGIÃO -

São já 63 as multas por ajuntamento e consumo de álcool no Alto Minho

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O comando da GNR no distrito de Viana do Castelo registou 63 autos de contra-ordenação desde a última resolução do Conselho de Ministros que proíbe ajuntamentos com mais de 20 pessoas e consumo de álcool na via pública, anunciou Miguel Alves, presidente da Câmara de Caminha.

Falando na reunião de executivo desta segunda-feira, o autarca considerou que a atitude da população no contexto da pandemia do covid-19 tem “sido positiva” em “termos gerais”, mas que tem de ser “melhorada”.

PUBLICIDADE

Miguel Alves adiantou, então, que as autoridades, com quem mantém “um contacto regular”, levantaram 18 autos de notícia no concelho caminhense, punindo ajuntamentos e consumo de álcool no espaço público.

“No distrito registaram-se 63 autos”, revelou.

O autarca frisou que as competências e deveres de cada um “devem ser exercidos”, apelando aos donos dos estabelecimentos para não permitir ajuntamentos ou comportamentos “desconformes com a lei” e com os cuidados que a pandemia impõe sob pena dos próprios estabelecimentos “serem sancionados pelas autoridades”.

Já sobre a época balnear, que arrancou no final do mês de Junho nas praias de Caminha, o autarca faz um balanço “positivo” das primeiras semanas.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS