TRANSPORTES -

TRANSPORTES - -

“School Bus” regista adesão de cerca de 400 alunos de Braga

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Cerca de 400 alunos já aderiram ao ‘School Bus’, um projecto desenvolvido pelo município de Braga para reduzir o congestionamento automóvel no perímetro das escolas da malha urbana da cidade.

Após a fase-piloto realizada no ano passado no âmbito da Semana Europeia da Mobilidade, o projecto foi implementado de forma permanente no início deste ano lectivo, contribuindo para o alívio do fluxo de trânsito junto de seis escolas do centro de Braga: EB 2,3 Francisco Sanches, EB 2,3 André Soares, Colégio D. Diogo de Sousa, Colégio Leonardo Da Vinci, Colégio Teresiano e Conservatório de Música Calouste Gulbenkian.

PUBLICIDADE

A ligação a estes estabelecimentos de ensino é feita a partir das quatro principais entradas de Braga, com interfaces na Av. Robert Smith, em Maximinos, na Variante do Fojo e junto ao Estádio Municipal.

Para Ricardo Rio, presidente da Câmara, “o ‘School Bus’ é um excelente exemplo de como uma ideia simples pode ter um enormíssimo impacto na comunidade. “Esta é uma solução para reduzir o tráfego na zona envolvente aos equipamentos escolares e, ao mesmo tempo, sensibilizar os jovens para a utilização dos transportes públicos, condição fundamental para alterar o paradigma da mobilidade”, referiu o Autarca que, esta quarta-feira, acompanhou uma das linhas do ‘School Bus’.

Em apenas um mês de funcionamento, o projecto registou a adesão de 397 crianças. Do ponto de vista ambiental, estima-se que o projecto tenha retirado cerca de 200 veículos da sua zona de implementação, representando uma poupança diária de 14 km por carro em viagens e uma diminuição de 1.83 Kg de CO2 por carro/dia.

A expectativa do município é que o número de crianças a utilizar este serviço possa chegar em breve aos 450 alunos, número inicialmente previsto para este primeiro ano de implementação.

O vereador Miguel Bandeira lembrou a importância do projecto para se atingir a meta da descarbonização e estimular a adopção de outros modos de transporte. “A mobilidade na zona consolidada da cidade, em horas de ponta, está claramente implicada com o acesso às Escolas e com os horários das mesmas. Por esse motivo tem de existir um compromisso de todos onde a segurança da criança esteja em primeiro lugar e a prioridade seja dada ao transporte público e à circulação pedonal”, defendeu.

Relembre-se que o School Bus é um dos projectos inseridos no BUIL – Laboratórios Urbanos para a Descarbonização, financiado pelo Fundo Ambiental.

UNIFORMIZAÇÃO DOS PASSES ESCOLARES

A par deste projecto vocacionado para a comunidade escolar, o executivo municipal aprecia, na próxima reunião autárquica, uma proposta de uniformização dos descontos nos passes escolares para todos os alunos do concelho.

De acordo com a proposta, os alunos do ensino privado passam a usufruir do mesmo desconto de 50 por cento que é actualmente conferido aos estudantes da rede pública de ensino. A medida será implementada já no mês de Novembro.

“Temos vindo a introduzir novos benefícios para alargar o número de alunos elegíveis para os descontos no passe escolar, mas existe ainda uma diferença entre os alunos das escolas privadas, que beneficiam de um desconto de 25 por cento, e os estudantes do público que têm actualmente um desconto de 50 por cento”, explicou Ricardo Rio, considerando que, nesta matéria, deve existir equidade para toda a comunidade educativa.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS