CULTURA

CULTURA -

Segunda semana do “Guimarães Jazz” prossegue com várias atuações, oficinas de jazz e “jam sessions”

Share on facebook
Share on twitter
Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Depois uma semana de concertos, o jazz continua em Guimarães. A 30ª edição do “Guimarães Jazz” vai decorrer até 20 de Novembro e é já no próximo dia 17, quarta-feira, às 19h30, que a Orquestra de Guimarães sobe ao palco em acompanhamento de Niels Klein Trio, um grupo de música alemão.

Este concerto pretende «explorar as vias criativas proporcionadas pela intersecção de instrumentistas com formação clássica» e marca o arranque da segunda semana do festival. 

Já no dia seguinte, 18 de Novembro, o colectivo Sonoscopia propõe um dueto de instrumentos não convencionais, formado por Henrique Fernandes e Joana Sá, que ao longo dos anos têm desenvolvido projectos de «originalidade, criatividade e pertinência». 

PUBLICIDADE

Na sexta-feira, também às 19h30, o grupo Black Art Jazz Collective surge em palco em formato sexteto. Esta banda destaca-se pela «sobreposição de narrativas musicais e políticas», ao mesmo tempo que se destaca pelo foco na «resistência política» ao longo das suas composições. 

No último dia de celebração dos 30 anos do Guimarães Jazz, vão ser apresentados três concertos durante a tarde e a noite de sábado. A animação arranca às 16h00 e vai contar com o dueto do trombonista Samuel Blaser em colaboração com o guitarrista francês Marc Ducret. 

Depois disto, às 19h30, o pianista e compositor Ryan Cohan vai-se fazer acompanhar em palco com vários músicos de renome, como Tito Carrillo, Scott Burns, Lorin Cohen e George Fludas. Entre as várias vertentes músicas que tem desenvolvido ao longo dos anos, Ryan Cohan tem colaborado também com várias orquestras de jazz e artistas conhecidos internacionalmente no mundo desta arte. 

O fecho desta edição do Guimarães Jazz está a cargo de uma orquestra com destaque a nível europeu no mundo do jazz. A Frankfurt Radio Big Band, dirigida por Jim McNeely, regressa a este festival oito anos depois e vai contar com o apoio da saxofonista chilena Melissa Aldana. 

Durante esta segunda semana do festival, destaque também para o regresso das oficinias de jazz que, nesta edição, vão ser orientadas pelo pianista e compositor Ryan Cohan e pelos músicos que o vão acompanhar no seu concerto. Também com a presença destes artistas, as “Jam Sessions” vão ter lugar no Café Concerto do Centro Cultural Vila Flor. 

As assinaturas do festival – 3 concertos à escolha por 35 euros ou a 4 concertos por 45 euros – bem como os bilhetes para cada um dos espetáculos (entre 7,5 e 15 euros) encontram-se disponíveis nas bilheteiras do Centro Cultural Vila Flor, Centro Internacional das Artes José de Guimarães, Casa da Memória de Guimarães e Loja Oficina, bem como nas Lojas Fnac, Worten e El Corte Inglés e online em oficina.bol.pt.

 

FOTO: guimaraesjazz.pt

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS

Acesso exclusivo por
um preço único

Assine por apenas
2€ / mês
* Acesso a notícias premium e jornal digital por apenas 24€ / ano.