CASO DO DIA (lotação máxima foi atingida em Maio):

CASO DO DIA (lotação máxima foi atingida em Maio): -

Sepulturas vão ocupar antigo passeio do cemitério municipal de Vila Verde

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

O cemitério municipal de Vila Verde estava “esgotado” desde Maio último, tal como o jornal “o Vilaverdense” noticiou na altura. Agora, está a ser criada uma nova fileira «provisória», para «maximizar o espaço», avança o vereador da tutela no município de Vila Verde, Patrício Araújo. A explicação surge esta semana, altura em que muitos fiéis estranharam ver uma sepultura “nascer” no que era anteriormente uma zona de passeio interior da infra-estrutura.

.

EXPROPRIAR

PUBLICIDADE

O espaço – localizado na zona de entrada/saída da vila – atingiu a sua capacidade máxima. O projecto de ampliação está em andamento, mas não consegue progredir face «à inexistência de disponibilidade de terrenos». A mesma fonte adianta que «a solução poderá passar pela expropriação». Porém, «não é compatível com os prazos que a situação exige. É urgente resolver o problema, mas temos esbarrado na falta de vontade dos proprietários para negociar».

Na altura, já era referido que a situação estava a preocupar a população, que se via na contingência de não encontrar espaço para sepultar os seus “entes queridos”.

NOVA FILEIRA

O que aconteceu agora. «Tivemos que arranjar uma solução, a mais digna», reforça Patrício Araújo. Sublinha ainda que, «no imediato, com a criação da nova fileira, a comunidade está servida. Mas temos que arranjar uma solução definitiva urgentemente».

ovilaverdense@gmail.com

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS