VILA DE PRADO

VILA DE PRADO -

Trabalhadores da construtora Sá Machado reclamam salários em atraso

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Share on facebook
Share on twitter

TÓPICOS

Cerca de 15 trabalhadores da empresa de construção da Sá Machado & Filhos, da Vila de Prado, reclamam o pagamento de dois meses de salários em atraso, tendo denunciado publicamente a situação esta terça-feira, com uma greve e uma acção de protesto à porta das instalações da construtora.

Um dos funcionários explicou que os trabalhadores não têm «data certa para receber» os seus salários e que a situação agravou-se nos últimos tempos, sendo «insustentável» receber «300 euros de 15 em 15 dias ou de três em três semanas».

PUBLICIDADE

A greve foi acompanhada pelo sindicalista José Maria Ferreira, do Sindicato da Construção da Região a Norte do Rio Douro, que admitiu a possibilidade de os trabalhadores avançarem «para outras formas de luta» no sentido de fazerem valer os seus direitos.

Em comunicado, a administração da empresa, que integra actualmente perto de 70 funcionários, admitiu os problemas financeiros, que a impediram de cumprir o pagamento dos vencimentos e do subsídio de alimentação dos trabalhadores no mês de Abril.

Assegurou, no entanto, estar empenhada na resolução do problema. Desde 2012 que a construtora tem em curso um PER – Processo de Revitalização Especial.

Share on facebook
Partilhe este artigo no Facebook
Share on twitter
Twitter
COMENTÁRIOS
OUTRAS NOTÍCIAS